Mais Platão, por favor.


    Você me tocou levemente e disse: A fila. Eu distraída com o livro e você sem graça de interromper meu sorriso bobo. Paixão imediata. É que você me olhou com tanta doçura e eu quis te abraçar e sentir teu cheiro mesmo sem saber teu nome. Mas não tinha tempo nem loucura suficiente para isso e eu entrei no ônibus buscando um lugar pra esconder meu coração trêmulo de adrenalina. 
    Você buscou meus olhos ao procurar um lugar vazio e se sentou ao alcance da minha imaginação. E eu te levei a um piquenique, à minha livraria preferida no Rio e te declamei o poema do Leminski que me faz gargalhar. Eu deitei no seu colo e chorei minhas angústias. Você beijou meus olhos e ficou em silêncio segurando minha mão enquanto deixava aquela nossa música do Chico tocar. Meu Deus e eu te amei tanto que quis me casar com você. Quis acordar com teu sussurro e te levar café na cama. Quis contar para todo o mundo como eu gostava das marcas no seu rosto, de como a cor dos teus cabelos era linda e de como o teu sorriso era absurdamente sedutor. Quis discutir a nova cor do quarto e a marca da ração dos gatos.Eu quis  brigar sobre o nome da menina e fazer a sobremesa do almoço em família. Eu pensei em mil maneiras de te dizer o que sentia e eu pensei nas datas especiais e na euforia do altar. Eu quis você com tanta entrega e verdade e urgência que eu não nunca poderia te ter, entende? 

Os meus sonhos eram longos, mas a viagem curta. Você levantou e me olhou daquele jeito inseguro que pede uma confirmação para arriscar. Eu baixei os olhos. Desculpa, mas não quero me dar a chance de descobrir que você não é o amor da minha vida. Deixa assim. Eu quero mais Platão e menos Prozac. 

6 Rompendo o asfalto:

Dueto Fotografia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lucyméri disse...

Quem nunca sentiu-se assim?
Belíssimo texto!

Gregório disse...

Muito bom! Gostei muito do estilo e a sensação não me é estranha. A citação final foi perfeita. Ainda lerei esse livro. Se estiver interessada, eu também tenho alguns textos para compartilhar...
Eu não peço que me siga, nem mesmo que leia. Mas se se interessar, eu ficarei muito honrado...
http://sonhadordesperto.blogspot.com/

V. Linné disse...

O melhor texto que li ultimamente, Natty. E olha que só de livros, estou lendo 5.

Vou lá colocar teu link entre os meus. (E por que não fiz isso antes??)

Abraço e parabéns pelo talento com palavras e sentimentos. Nem todos conseguem aliar ambos.

Simone Huck disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Simone Huck disse...

Uau. Fiquei lendo, lendo e imaginando... o final é surpreendente.
Parabéns.
Gostei muito !!!

Seguidores