página azul

foto em: http://blogs.ya.com/luisinlondon/files/amigos_blog.jpg

Desculpe se nada do que eu escrevo é lá assim tão confiável. Mas o erro não é meu. Não sei que forças levam as pessoas a se basearem em meia dúzia de palavras escritas num perfil azulado para acharem que me conhecem. Espero verdadeiramente que aquilo não seja nem uma mísera parcela de quem eu sou. Mas se eles acreditam, que posso fazer?
Nada do que realmente me importa cabe naquele espaço. Nada do que vai aqui dentro pode ser exposto numa foto poser com comentários vazios. amém. Já foi divertido; não seria hipócrita de dizer que nunca me empolguei com as maravilhas do orkut. Passou. Como quase tudo. E a esperança de encontrar vida inteligente se esvai a cada clique.
As relações se criam e se deterioram com a mesma velocidade de um trem-bala, numa superficialidade surpreendente, e numa ânsia enorme de se fazer acreditar naquilo que parece ser. Todos fingem ser mais inteligentes, mais radicais, mais preocupados, mais ecológicos. No entanto, é só querer discutir qualquer um desses pontos que os "seres" ficam offline. Hipocrisia, tudo hipocrisia. A última moda é bancar o vegetariano, com direito ao símbolo dos vegans no avatar e tudo. Báh. Sem contar nas fotos de animais maltratados que agora estão presentes em pelo menos 40% dos perfis... Consciência? Quem dera! Pura modinha. Tudo isso acontece porque há todo um esforço no sentido de construir uma pessoa ideal, que obviamente deve ter no mínimo 600 "amigos" , um fotolog badaladíssimo, um álbum lotado de fotos meio indie/from UK e muitos depoimentos com linguagem estranha e códigos indecifráveis. Todos iguais, fingindo serem diferentes. Não, não posso continuar com isso. Quero conversar de verdade, sobre coisas de verdade e se possível, com pessoas de verdade. Quero que as pessoas estejam ao alcance do meu toque e não a um clique. Com licença, preciso viver.

4 Rompendo o asfalto:

Flores envenenadas disse...

Adorei!
Mostrou de forma bastante consciente o q pensa.

Que este escrito possa contribuir para conscientização das pessoas. Que não fiquem off line na hora de discutir sobre algo.

Que tirem a máscara leve e ao mesmo tempo pesada da hipocrisia

Continue assim(...)
Bjus

Eliana Mara disse...

Bem on line e nada anônima, gostei muito do teu blog e voltarei mais vezes.

Boa semana!

Beijos

Eliana Mara disse...

Lindinha,

então vamos ficar assim?
Amigas? Vizinhas?


Beijinhos!

UnderOground disse...

humm, então é por isso que você abandonou oOrkuT, entendi!

Vou te contar uma história:

Eu só entrei no orkuT porque você fez pra mim, lembra?

Mass sinceramente a todo tempo que logava lá pensava em apagar aquilo depois que nós terminamos, sóm que o que me matinha lá era o seu perfil, sabe a idéia de que eu podia saber sobre você e como ia a sua vida de longe, já que de perto não posso mais...

Só que você me disse que eu sopu seu melhor amiugo, espero que não esteja mentindo, na verdade eu sei que não está...

Então te peço aqui uma coisa:

Será que podemos nos ver mais?

P.S Pessoalmente, ao alcance do toque?

Seguidores